Estourando a “Bolha”

 

Por Davi Santos

Você já conversou com alguém que não concorda com a Educação Domiciliar? Se já, então você sabe, que se perguntarmos para tal pessoa por que ela não concorda com esse tipo de educação, muito provavelmente ela irá responder: ” Não concordo com a educação domiciliar, pois as crianças educadas em casa não possuem o menor tipo de socialização. Vivem em uma bolha criada pelos pais! Não possuem amigos e pessoas para conversar; apenas seus pais e irmãos!”  Será mesmo que estamos dentro de uma bolha!? Ou será que essa bolha nunca existiu?

Eu já tive a oportunidade de estudar em uma escola particular por 10 anos, e após essa idade eu comecei a fazer o Homeschooling. E admito: possuo uma socialização melhor na Educação Domiciliar do que na escola que frequentei. Por exemplo, atualmente em uma quarta – feira normal no meu dia-a-dia, pela manhã vou para uma aula de Botânica com um senhor muito querido de nossa família. Depois almoço na casa dos meus avós e ficamos lá até 1 da tarde. À tarde faço minha lição de Inglês, tomo meu lanche e vou para minha escola de Inglês, que fica a 1 quarteirão de distância da minha casa. Após voltar do inglês, assisto algum vídeo interessante no You Tube e depois vou para a minha academia de artes marciais (que deve ter 20 alunos no meu horário.) junto com meu irmão. Então chego em casa, janto e durmo. Tenho um dia agitado para quem está dentro de uma bolha, não é?

Quando eu estava na escola, eu ficava 4 horas por dia em uma sala de 20 alunos, sem poder conversar ou brincar com algo, com direito de 25 minutos de recreio – tempo suficiente para comer, ir no banheiro e dar uma conversada rápida com meus colegas. Quando chegava em casa, almoçava e depois começava a fazer as infinitas lições de casa que os professores me passaram para o dia seguinte. Terminava às 18 horas e assistia TV até a hora de dormir. E esse é o conceito de “socialização” de muitas pessoas.

O que eu quero dizer com esse texto é: o que nos impede de socializar? Se a/o mãe/pai educador(a) quiser levar seu filho a um parque ou um museu, o que o impede? Nós, meninos e meninas educados em casa, temos várias oportunidades de socializar, e na minha opinião, oportunidades maiores do que em uma escola comum.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Estourando a “Bolha”

  1. Pingback: Estourando a “Bolha” – Educação Domiciliar

  2. Trabalho muito próximo de várias escolas e já observei que a maioria dos jovens que frequentam a escolas sabem se relacionar apenas com os seus colegas de classe. Na grande maioria das vezes, eles tem dificuldade e/ou até mesmo aversão a se relacionar com pessoas fora deste círculo.

    Conforme mencionado no texto, os jovens que praticam a educação domiciliar convivem naturalmente com pessoas das mais diferentes idades, classes sociais e formações e isso dá uma dinâmica muito mais rica de interação social do que qualquer escola.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s